Casa Verde Amarela: Vem ai o substituto do Minha Casa, Minha Vida


Focado na regularização de imóveis de famílias de baixa renda e financiamento a juros baixos, o Ministério do Desenvolvimento Regional trabalha no programa habitacional que substituirá o Programa Minha Casa, Minha Vida.


O Programa visará, ainda, uma parceria com os municípios para regularização fundiária e pequenas reformas em residências contempladas.


Estima-se que há, aproximadamente, 12 milhões de residências irregulares aptas ao benefício.


Além da regularização, o governo propõe uma diminuição dos juros do FGTS. A expectativa é que, com isso, 1 milhão de famílias consigam acessar os empréstimos habitacionais, cuja renda mensal seja de até R$3.000,00, no caso de residentes no Nordeste do país e até R$2.000,00 no restante do país.


Vale lembrar que a regularização fundiária foi criada em 2009, regida pela Lei do Programa Minha Casa, Minha Vida. Trata-se de um grande desafio, que vem sendo colocado em segundo plano e permanece sem efetividade há anos no país.


Fonte: Valor Econômico.


E ai, gostou da novidade? Deixe seu comentário aqui embaixo sobre a sua opinião!


Não se esqueça de compartilhar esse artigo com mais pessoas, pois essa informação pode ser muito útil para elas também.


Laís Gonçalves é Advogada e Consultora em Direito Imobiliário e atende todo o Brasil.

www.laisgoncalves.com


Instagram: @advogadaimobiliarista




9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quando é possível fazer um inventário em cartório?

O inventário é o procedimento necessário para que os herdeiros dividam os bens recebidos em razão do falecimento de um parente e depois possam registrá-los em seu nome, além de pagar as dívidas que el

Dia Internacional da Mulher e o Mercado Imobiliário

Dona de Casa? Sim! Com contrato, escritura e registro. O papel das mulheres no mercado imobiliário está cada vez maior e relevante, seja como corretora de imóveis, advogada imobiliarista, engenheira,