Desabamento de edifício em Fortaleza mata duas pessoas. Como isso poderia ser evitado?

Um alerta sobre a autoconstrução e a responsabilidade do sindico.


Imagem dos escombros do edifício Andrea, que desabou em Fortaleza - CE.

Mais uma tragédia registrada hoje, desta vez, na capital Cearense. Um prédio desabou e deixou dois mortos e sete pessoas ainda estão desaparecidas. Infelizmente, fatos como esse têm se tornado mais comuns no País.


A Defesa Civil ainda investiga as causas, mas, segundo especialistas, tragédias como essa podem ser evitadas com condutas mais responsáveis por parte dos condôminos, que realizam obras sem acompanhamento de profissionais, como engenheiros e arquitetos.


A falta de comunicação das reformas ao Condomínio também é problemática, dado que simples perfurações em vigas podem afetar estruturas essenciais ao prédio.


Além disso, é de competência do Síndico zelar pelas modificações nas áreas comuns e contratar responsáveis técnicos para avaliarem, periodicamente, as condições do edifício.


Se você gostou desse conteúdo, deixe seu LIKE e compartilhe para que mais pessoas possam se valer dessas informações!

TODOS OS DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS.

CÓPIA PARCIAL OU TOTAL NÃO AUTORIZADA.

2020. LAÍSGONÇALVES.COM