Planejamento patrimonial: você está formando herdeiros ou sucessores?




Você é um herdeiro ou um sucessor? E você que é pai, mãe, educador: quem você está formando?


Como assim, Laís?


Augusto Cury, em seu livro "Pais Inteligentes Formam Sucessores, Não Herdeiros" diferencia as duas figuras:


Herdeiros seriam aqueles que têm, diante dos acontecimentos da vida, uma postura passiva; Que se comportam como se as coisas deveriam ser feitas por eles; Que se responsabilizam sozinhos pelo próprio sucesso, mas culpabilizam o outro pelo próprio fracasso.


Já os sucessores portam-se de forma mais ativa, responsável e autogestora; Pensam a longo prazo e reconhecem que tudo é conquistado por meio do esforço.


Assim, quando eles recebem a herança, tendem a se comportar de maneiras diferentes.


O herdeiro dilapida o patrimônio que recebeu pela sua inaptidão para gerir a própria vida. Por outro lado, o sucessor multiplica aquilo que recebeu, pois reconhecem e são gratos pelos esforços de quem o antecedeu.


Evidentemente, no direito, não temos essa diferenciação entre herdeiros e sucessores. Porém, devemos refletir sobre o legado moral e comportamental que recebemos e estamos passando à próxima geração.


Você já parou para pensar como passará o seu legado material aos seus filhos?

Vamos planejar juntos?


Laís Gonçalves é Advogada de Direito Imobiliário e atende todo o Brasil.

.

Contato: lais.goncalves@outlook.com



0 visualização

TODOS OS DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS.

CÓPIA PARCIAL OU TOTAL NÃO AUTORIZADA.

2020. LAÍSGONÇALVES.COM